Quiropraxia

As mãos que trabalham pela saúde

A Quiropraxia ( manipulação das articulações do corpo) é uma terapia corporal baseada na manipulação do corpo humano, dando ênfase no alinhamento da coluna vertebral. Os ossos e articulações podem se deteriorar e sofrer pequenos desgastes com o tempo e isso vai ocasionar um desequilíbrio dinâmico entre as articulações da coluna vertebral e de todo o nosso corpo, pois estas diferenças milimétricas vão ser compensadas por desvios na coluna vertebral, ocasionando dor e desconforto.
     Através de técnicas de terapia manual, exercícios e orientação postural, os quiropraxistas procuram diminuir a dor e tensão, restaurando a movimentação normal, evitando assim procedimentos agressivos como cirurgia.

Como surgiu a Quiropraxia?

     Em 1895, nos Estados Unidos. Daniel D. Palmer começou a tratar pessoas através de manobras manuais, dando a profissão seu nome atual. As principais condições tratadas com Quiropraxia são:

  • Dores na coluna vertebral
  • Dores de cabeça
  • Dores e tensão muscular
  • Dores articulares
  • Restrições a movimentação

     O tratamento proposto, após uma entrevista e exame clínico minuciosos, consiste de três fases integradas:

  • Terapia manual e métodos físicos
  • Exercícios para reabilitação
  • Orientação

Varias técnicas foram desenvolvidas para restaurar a movimentação livre e indolor:

  • Articulações: manipulação ou ajustamento articular e um movimento rápido e preciso, normalmente acompanhado por um estalido. Após o ajustamento observa-se diminuição da dor, relaxamento muscular e aumento da mobilidade.
  • Músculos: realiza-se uma delicada palpação para localizar e dissipar áreas de tensão muscular seguida pelo alongamento passivo dos músculos.
  • Postura: dores músculo-esqueléticas costumam causar alterações posturais. Nestes casos são utilizados métodos de tração suave de forma a auxiliar a recuperação de uma postura normal.

     Aplicação de compressas frias e quentes, ultrassom e eletroterapia tem um rápido efeito no alivio da dor sendo especialmente úteis para permitir o inicio da realização de exercicios.Durante o tratamento são oferecidas instruções sobre como manter uma postura e atividades adequadas para evitar novos episódios de dor, considerando-se o estilo de vida de cada pessoa.
     Inicialmente os pacientes são tratados uma a tres vezes por semana, com reducão da frequencia conforme a melhora dos sintomas. É comum tratamentos durarem entre um e até quatro meses.